Se precisar é só ligar:
Campina Grande

(83) 3310.6000
João Pessoa

(83) 3219.6000
Teste rápido para fazer agora e descobrir se você tem gordura ou inchaço nas coxas

 

Quem não se irrita com a parte interna, e mais gordinha das coxas? Esse excesso de pele é acúmulo de gordura localizada, inchaço ou flacidez? Quando você balança as pernas, a parte das coxas treme? Quando você faz alguns exercícios, nota esse interno das pernas bem aparente?

Você pode estar só sofrendo um quadro de flacidez. Agora, como detectar se a grande circunferência das coxas são resultado de gordura acumulada ou inchaço? Faça o teste sozinha:

Com os dedos em pinça, aperte a pele da região das coxas por apenas dois segundos e observe. Se a marca do dedo permanecer durante três segundos, é sinal que há líquido retido nos tecidos periféricos. Se isso não acontecer, há, na verdade, um acúmulo de gordura.

E emagrecer coxas não é uma tarefa fácil. Por isso, além de uma rotina de exercícios, é fundamental adotar algumas mudanças na dieta. O objetivo é aumentar a oferta de proteína para ganho de massa muscular e consequente queima de gordura. Veja algumas dicas:

1. Coma mais proteína em vez de carboidratos: A proteína é vital para a construção e manutenção da massa muscular. Fontes de proteína magra incluem peixe, frango, tofu. Carboidratos simples são encontrados em produtos processados e refinados, como pães, doces, refrigerantes.

2. Adicione porções diárias de frutas e legumes à dieta: Frutas e legumes são ricos em fibra dietética, que pode ajudar a reduzir a quantidade de gordura que seu corpo armazena. Eles também contêm vitaminas e minerais essenciais ao bom funcionamento do organismo.

3. Beba água em vez de bebidas açucaradas: Você provavelmente já sabe disso, mas refrigerantes, sucos e outras bebidas açucaradas não são amigas de pernas magras e esbeltas. O chá verde é outro bom substituto, pois contém uma boa quantidade de antioxidantes, que ajudam seu corpo a lutar contra os radicais livres, que aumentam os sinais de envelhecimento.

4. Consuma todos os tipos de gordura em sua dieta: O senso comum nos diz que é melhor cortar gorduras. Certo? Nem sempre. Incluir variedade de fontes de gorduras naturais em sua dieta, como peixe, leite, fornece energia e ajuda na absorção de vitaminas. Entretanto evite as gorduras saturadas, da manteiga, banha e toucinho, e também as trans, que são encontradas nas gorduras hidrogenadas vegetais, em margarinas, biscoitos e salgadinhos.

 

Fonte bolsademulher.com

FACEBOOK
Todos os direitos reservados - Farmácia Dias