Se precisar é só ligar:
Campina Grande

(83) 3310.6000
João Pessoa

(83) 3219.6000
A necessidade da adição de nutrientes nos alimentos

A alimentação não diz respeito apenas ao consumo de alimentos, mas também à ingestão de nutrientes que influenciam nosso bem-estar e a nossa saúde. Uma alimentação saudável é aquela que atende todas as necessidades do organismo de um modo geral. Ela deve ser colorida, equilibrada, variada, segura, saborosa, nutritiva, além do mais, deve respeitar os hábitos alimentares e tradições de cada pessoa. O ato de se alimentar também deve ser um momento que traga prazer a pessoa; fazer as refeições com familiares e comer em lugares especiais, tornam a alimentação prazerosa.

Por meio dos alimentos, garantimos a oferta de nutrientes que são muito importantes para nossa saúde. A alimentação é a ingestão de alimentos que fornecem nutrientes, é a combinação de preparações e as características do modo de comer e todos estes fatores podem influenciar em nosso bem-estar. Ela também pode ser usada como prevenção para algumas doenças ou até mesmo tratamento, ou seja, está diretamente relacionada com a saúde de nosso organismo.

A eficiência com que um componente da dieta é utilizado pelo organismo, chama-se biodisponibilidade de nutrientes. Alguns fatores podem influenciar nesta biodisponibilidade como a eficiência da digestão, alimentos consumidos ao mesmo tempo que podem interferir na absorção, método de preparo (cru, cozido ou processado), hábitos alimentares inadequados, conservação e armazenamento do alimento, entre outros. Todos estes elementos interferem diretamente na qualidade e quantidade dos nutrientes no organismo.

A falta de alguns deles pode causar doenças e, para prevenir ou recuperar essa carência, existem duas opções que são utilizadas para supri-la: a fortificação e a suplementação. A fortificação ou enriquecimento é um processo no qual é acrescentado um ou mais nutrientes ao alimento, e seu principal objetivo é reforçar o valor nutritivo para prevenir possíveis deficiências nutricionais.

Os micronutrientes mais utilizados para fortificação são: ferro, ácido fólico e vitamina D. Sua principal importância é suprir e garantir a ingestão adequada de nutrientes, além de ser uma opção de baixo custo e efetiva para a saúde pública a curto, médio e longo prazo, na prevenção de doenças.

O ferro, um mineral muito utilizado na fortificação de alimentos, é de extrema importância para o sistema imune e crescimento humano. As carnes vermelhas, por exemplo, são alimentos fonte deste mineral e sua fortificação pode reduzir o risco de anemias. Outro nutriente utilizado para fortificar alimentos é a vitamina D, muito importante para a formação dos ossos. Sua deficiência pode estar relacionada com doenças do coração. O cálcio também é usado na fortificação que é utilizada para atingir as recomendações de ingestão deste mineral, prevenindo e combatendo deficiências nutricionais.

Algumas pessoas não consomem as quantidades adequadas de vitaminas e minerais por meio da alimentação. A ingestão não adequada pode ser um fator resultante de doenças, como as doenças do coração, osteoporose e até alguns tipos de câncer. Por estes motivos alguns médicos e nutricionistas, recomendam aos seus pacientes com deficiências nutricionais, suplementos vitamínico-minerais. As necessidades de nutrientes podem aumentar em cada fase da vida, sendo a suplementação uma opção para garantir as recomendações para cada indivíduo.

Uma outra opção para garantir as necessidades de nutrientes é por meio da suplementação, que é utilizada para complementar ou suprir algumas deficiências nutricionais, por exemplo, no caso da anemia por deficiência de ferro, a suplementação com este nutriente pode ajudar no tratamento da doença. Mas quem precisa de suplementos? Pessoas com deficiências de nutrientes, com baixa ingestão de alimentos, pessoas com intolerância à lactose ou alergia ao leite que não podem consumir este alimento, pessoas com dificuldade de digestão e absorção, entre outros motivos. É importante lembrar que a escolha dos suplementos deve sempre ser feita com a orientação de um profissional da saúde, como nutricionista e médico.

A adição de nutrientes em alimentos é muito importante para ajudar no tratamento e prevenção de deficiências e também para garantir a ingestão recomendada. A fortificação e a suplementação são duas alternativas para suprir as necessidades de nutrientes. Os programas de fortificação são muito importantes para oferecer uma ingestão nutricional mais adequada para a população com dificuldade de acesso aos alimentos. A suplementação nutricional quando necessária, pode diminuir o risco e/ou tratamento de doenças causadas pela deficiência de nutrientes.

É muito importante ter uma alimentação equilibrada e variada, que garanta as necessidades nutricionais de cada pessoa. Sempre que necessário, procure a ajuda de um profissional da saúde, como nutricionista ou médico, que poderá orientar as melhores condutas e tirar dúvidas a respeito do assunto. Não tome suplementação sem ter a prescrição de profissionais especializado; sem avaliação o uso de suplementos pode ser inadequado e até oferecer riscos à saúde.

 

Fonte: http://www.nutricaopraticaesaudavel.com.br/index.php/saude-bem-estar/a-necessidade-da-adicao-de-nutrientes-nos-alimentos/

FACEBOOK
Todos os direitos reservados - Farmácia Dias